Home Destinos de Viagem Tudo que você precisa saber sobre intercâmbio na França

Tudo que você precisa saber sobre intercâmbio na França

1
620

Fazer um intercâmbio é uma experiência inesquecível de crescimento pessoal e mergulho em outra cultura. E, para quem quer uma vivência tipicamente europeia, a França é um excelente destino.

Estudar é um dos principais motivos que levam os brasileiros para a França. Existem diversos tipos de estudo que se pode fazer por lá: cursos de idioma, graduação, especialização, pós-graduação, mestrado, doutorado, etc. Exceto para os cursos de idioma, provavelmente será necessário comprovar proficiência em francês. Os testes oficiais de domínio da língua são o TCF (Test de Connaissance du Français), o DELF (Diplôme d’Etudes en Langue Française) ou o DALF (Diplôme Approfondi de Langue Française).

Um curso de curta duração, com menos de 90 dias, permite que o viajante estude com visto de turista. Para permanecer mais que isso no país, será necessário solicitar um visto de estudante. Independente do curso escolhido, será necessário passar pelo Campus France, agência do governo francês que promove o ensino superior no país.

Bordeaux, França

Como solicitar o visto de estudante

  1. Realizar o processo pré-consular do Campus France;
  2. Formulário do Consulado preenchido;
  3. Passaporte com validade mínima de três meses após a data prevista de partida da França, além de duas páginas em branco para os vistos e carimbos;
  4. Duas fotos 3,5 cm x 4,5 cm, sem data, de perto, coloridas e com fundo branco, tiradas recentemente;
  5. Certidão de nascimento e/ou casamento;
  6. Número do processo concluído pelo Campus France;
  7. Pré-inscrição ou inscrição em um curso reconhecido pelo Ministério Francês de Educação Nacional;
  8. Declaração de financiamento de 615€ mensais com firma reconhecida em cartório.
  9. Pagamento das taxas do Campus France e do Consulado.

A solicitação ao Consulado deve ser feita com dois meses de antecedência em relação ao início do curso. Antes disso, o órgão não recebe os documentos. O visto chega em até 15 dias úteis depois da visita ao Consulado. Ele tem a validade da duração do curso.

Toulouse, França

Onde solicitar o visto

Há três Consulados da França no Brasil, e é necessário fazer a solicitação de acordo com o local de sua residência. Quem vive no Rio de Janeiro, Espírito Santo ou Minas Gerais deve ir ao Consulado do Rio de Janeiro. Habitantes de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul devem se dirigir ao Consulado de São Paulo. Por fim, os residentes dos demais estados brasileiros devem solicitar seu visto para o Consulado de Brasília.

Além do visto, preciso de mais alguma coisa?

Além do visto colado no passaporte, o estudante recebe também um formulário que deve ser preenchido e entregue em um posto OFFI com cópia do visto, do passaporte e do carimbo de entrada na Europa. Com isso, o passaporte receberá uma etiqueta. Ela é essencial e deve ser a primeira providência tomada ao chegar ao país.

Avignon, França

Estudantes podem trabalhar na França?

Sim, é possível trabalhar com visto de estudante sem precisar de outra autorização. Para isso, basta ter a etiqueta da OFFI e já é possível assinar um contrato de trabalho. É permitido trabalhar no máximo 964 horas por ano, e isso pode ser organizado da maneira mais adequada ao estudante: por exemplo, pode-se trabalhar em horários normais durante as férias, meio período ao longo do ano, etc.

A exceção são os doutorandos ou estudantes que possuam um posto de FFI (Faisant Fonction d’Interne), que precisam de uma autorização. Neste caso, é necessário dirigir-se à préfecture do local de residência e verificar os procedimentos.

Informações úteis sobre a França

  • Idioma: francês. Muitos franceses também falam inglês em Paris.
  • Moeda: euro.
  • Voltagem: 220 V.
  • Tomada: tipos C e E.
  • Fuso horário: UTC +1. A diferença de horário com o Brasil varia entre quatro e cinco horas, dependendo do horário de verão francês.
  • Seguro viagem: obrigatório.
  • Principais cidades para intercâmbio: Paris, Nice, Bordeaux, Lyon, Marselha, Toulouse e Montepellier.

1 COMMENT

Comments are closed.