Home Intercâmbio Perrengues de intercâmbio: tudo o que pode acontecer com você no exterior

Perrengues de intercâmbio: tudo o que pode acontecer com você no exterior

6
1064

Primeira semana de intercâmbio. Você acorda e todos os dias se depara com uma cidade inteiramente nova para explorar. Tudo é diferente: a arquitetura, o clima, as pessoas. Até os pequenos detalhes agora se tornaram interessantes: as placas de rua em outro idioma, o transporte público e os produtos locais nos mercados. Na euforia de absorver todas essas novidades, chega o dia em que o celular sem bateria e a falta de domínio da segunda língua não impedem você de fazer uma caminhada e, então, chegou a hora de viver o perrengue nº1 de todo intercambista: você se perde. De alguma forma, você foi parar do outro lado da cidade, em uma região nada familiar e não sabe como voltar. Acontece, né?

Viajar é assim mesmo: muitos perrengues esperam por você no seu destino – mas não se assuste: no fim, eles sempre se tornam ótimas histórias para contar. Está duvidando? Nesse texto, trouxemos alguns imprevistos que podem acontecer durante o seu intercâmbio e como você pode garantir que, ao final, eles apenas tornem a sua experiência mais interessante.

1 – Ter a bagagem extraviada

Um dos primeiros momentos de apreensão de um intercambista é aquele, após o voo, no qual ele espera ansiosamente que suas malas apareçam na esteira. Quando não aparecem, o perrengue começa. As razões pelas quais uma mala é extraviada são várias: furto, perda, malas que são enviadas junto a outro passageiro por engano, ou que não foram embarcadas em um voo de conexão. Até que o problema seja resolvido, o estudante precisa enfrentar o desafio de começar a sua aventura apenas com o que há em sua bagagem de mão.

2 – Cancelamento e alteração de voo

Às vezes, os perrengues começam muito antes de você sequer sair do país. Alterações e cancelamentos são naturais e, entre os intercambistas, é comum ouvir histórias sobre noites passadas em aeroportos e stopovers inesperados – imprevistos que se tornam aventuras aos olhos daqueles que estão prestes a embarcar em uma experiência completamente fora de sua zona de conforto.

3 – Não conseguir se comunicar no novo idioma

Outro perrengue bastante comum e que pode acontecer no momento da imigração, em um restaurante ou ao precisar pedir informações para alguém na rua. Nessas situações, todo desfecho é possível e muitos acabam se tornando memórias engraçadas. Para evitar que isso se torne um problema mais grave, procure ter sempre consigo, no seu smartphone, um aplicativo de tradução. Essa é uma ótima alternativa não só na hora de conversar, mas também para entender o que está escrito em placas e cardápios.

4 – Precisar de assistência médica

Esse é um imprevisto comum mesmo aqui no Brasil, é claro. Entretanto, quando você está longe de tudo o que lhe é familiar e usando outro idioma para se comunicar, esse tipo de situação se torna mais complicado. A diferença no clima, o estranhamento causado pelos temperos locais e até mesmo a água do novo país podem se tornar motivos para levar você ao médico. O receio de não saber exatamente como explicar os seus sintomas pode ser só o começo dos seus problemas caso você não esteja assistido por um seguro-viagem: nem todos os países contam com saúde pública e uma simples consulta pode sair bem mais cara do que você imagina.             Partir para um intercâmbio é aceitar que, mais do que aprender um novo idioma, você vai viver situações que nunca havia imaginado, sejam elas boas ou ruins. Agora, o mais importante: como garantir que mesmo os imprevistos negativos se tornem apenas boas memórias, e não problemas graves? Lembre-se que as situações que trouxemos aqui são apenas quatro exemplos – o destino sempre pode nos reservar muitos outros desafios. Por isso, a melhor forma de garantir que os perrengues do seu intercâmbio sejam apenas memoráveis é com um planejamento de viagem feito com antecedência e muita atenção. Isso inclui encontrar um seguro viagem que proteja você contra o máximo possível de imprevistos. Aliás, sabia que esse seguro é obrigatório em muitos países? Pois é! Se você quiser ler mais textos como esse sobre intercâmbio e viagem, ou sobre como a APRIL Brasil pode proteger você no exterior

6 COMMENTS

Comments are closed.