18/06/2019

O que fazer em Tokyo? Dez pontos turísticos imperdíveis

A maior metrópole do mundo é também um destino turístico muito cobiçado. Tóquio encanta com seu espaço urbano organizado e limpo, além de uma cultura fascinante.

Já citamos o Japão em nossa lista de locais para experimentar novos sabores. Desta vez, preparamos um guia completo com pontos turísticos, centros comerciais para compras e templos religiosos.

Confira essas dicas imperdíveis com atrações da capital japonesa!

Parque Ueno

Durante a primavera, as cerejeiras deste parque, que é um dos mais importantes da cidade, florescem e se tornam o destaque do Cherry Blossom Festival. Mas também vale a pena conhecê-lo em outras épocas do ano, já que o cenário é lindo e há vários pontos de interesse por ali, como zoológico e museus.

Palácio Imperial

A residência oficial da família imperial japonesa é uma construção impressionante na região central de Tóquio, onde fica a icônica ponte Nijubashi e um belíssimo jardim, um ótimo lugar para aproveitar um dia de sol.

Mercado Tsukiji

Este é o maior mercado de peixes do mundo, e é possível ver outros frutos do mar como ostras, camarões, lulas, polvos e até alguns que você nem reconhecerá. Junto a ele está o Outside Market, que vende também presentes, frutas e verduras. É um bom lugar para fazer uma refeição, já que há vários restaurantes por lá.

Harajuku

É a terra do cosplay, uma região repleta de lojas que vendem roupas coloridas e jovens, além de acessórios para cosplayers. O bairro é o point dos adolescentes mais descolados de Tóquio, de cabelos pintados e com roupas diferentes.

Akihabara

Aqui estão muitas lojas de eletrônicos e casas especializadas em anime e mangá (os quadrinhos e desenhos animados japoneses). Além de possuir todos os eletrônicos mais modernos, também conta com relíquias como antigos videogames ou aparelhos de VHS.

Bares e restaurantes da região também usam decorações e temáticas inspiradas nos animes. Aqui as chances de ver algum vendedor vestido como seu personagem favorito são grandes.

Vale destacar também a incrível iluminação dos painéis de led e outdoors, que não deixam nada a desejar se comparado com a Times Square, em Nova York.

Golden Gai

Este é o lugar certo para curtir um lado mais alternativo da noite japonesa. Há mais de 200 bares pequenininhos espalhados por Golden Gai. Alguns deles não aceitam turistas, então vale ficar atento.

Ginza

Quem gosta de compras precisa conhecer o distrito de Ginza, onde há várias lojas de departamento, lojas populares e boutiques de algumas das marcas mais caras e exclusivas do mundo.

Os restaurantes também não deixam nada a desejar. Além dos pratos típicos japoneses como sushi, senbei e o tradicional saquê, é possível experimentar outras iguarias internacionais.

Shibuya

Um dos bairros mais movimentados da cidade, Shibuya é lar do maior cruzamento do mundo, praticamente a Times Square japonesa, da famosa estátua do cachorro Hachiko, e de excelentes oportunidades de compras.

Outra dica é assistir um espetáculo tradicional no Teatro Nacional do Nō. O Yoyogi Park é ideal para piqueniques experimentando o famoso bento. Um tipo de marmita típica do Japão, geralmente consumida no almoço.

Meiji Jingu

Este santuário xintoísta fica em meio a um grande parque e possui um torii de 12 metros de altura. É um lugar extremamente bonito, e fica ainda melhor aos domingos, quando há casamentos e há várias noivas e pessoas vestidas com roupas típicas.

Senso-ji

Não podia faltar o templo mais popular de Tóquio, além do mais antigo. É lá que está a imagem de Kannon, deusa da misericórdia. O templo fica no fim da rua Nakamise, um lugar agitado, com feira de artesanato e comidas.

Se você está planejando viajar ao Japão, não esqueça de providenciar o seu visto. No post “Como tirar visto para diversos destinos” você encontra algumas informações que podem te ajudar.