Home Seguro Viagem O que é house call no seguro viagem?

O que é house call no seguro viagem?

3
832

Já explicamos muitas coisas sobre seguro viagem por aqui: quais são os países que o exigem e por quê, as dúvidas mais frequentes que ouvimos, os motivos para contratar, entre outras. No entanto, alguns detalhes ainda podem ser um mistério para quem nunca precisou acionar o seguro em uma viagem de férias ou de trabalho. E um tema que costuma gerar dúvidas é o house call.

O que é house call?

Basicamente, o house call é o atendimento médico em domicílio. No caso de uma viagem, o profissional vai até seu hotel ou apartamento de férias para examiná-lo e indicar o tratamento ideal.

Este profissional é um médico. Mais precisamente, um clínico geral. Ele está apto não apenas para realizar procedimentos de primeiros socorros, mas para examinar a manifestação dos sintomas e receitar os medicamentos emergenciais necessários.

Por que utilizar este serviço?

Porque dá muito menos trabalho para o viajante! Em um novo ambiente, se você precisa ir a um hospital ou clínica específicos, a locomoção pode ser um desafio. O transporte público local nem sempre é tão simples como desejamos e táxis ou aplicativos de motoristas podem acabar saindo muito caros.

Além disso, dependendo do destino, um encontro com um médico local pode ser complexo. Será que ele fala inglês, espanhol, português ou algum idioma que você entenda? Alguns sintomas, como dor de cabeça, febre ou uma alergia na pele podem ser fáceis de explicar por mímicas, mas e outros mais complicados, como tontura, falta de apetite ou fadiga? E quanto aos recepcionistas do estabelecimento e os enfermeiros da triagem, como se comunicar com eles? Um médico que atende house calls para empresas de seguro viagem está acostumado a lidar com viajantes, e normalmente fala outros idiomas.

Para completar, o paciente pode esperar o atendimento em um local confortável, sem precisar ficar em filas ou em contato com outras pessoas doentes. Os hospitais no exterior podem ter um atendimento muito mais demorado do que é usual no Brasil. Em geral, as pessoas só vão ao hospital em casos mais graves e casos assim são prioritários no atendimento. Isso significa que um viajante com um simples resfriado acaba tendo que esperar mais.

Uma outra vantagem é que os médicos são extremamente atenciosos e sabem da importância de conseguir prosseguir com a viagem. Neste sentido, farão de tudo para que o viajante melhore com agilidade e possa curtir os demais dias das férias sem preocupações.

De onde surgiu o house call?

Este não é um método novo! Em tempos antigos, era comum que os médicos visitassem os pacientes diretamente em suas casas. Com o surgimento de novas tecnologias e equipamentos que ficam no hospital – como máquinas de raio-x e scanners de ressonância magnética, por exemplo – esta prática se tornou menos comum. No entanto, é uma opção excelente para que o doente não precise se deslocar e, com isso, comprometer ainda mais seu bem-estar. Por exemplo, não é simples ir até um hospital quando se está com febre, não é mesmo? É muito melhor que você seja examinado sem ter que sair de casa e sem precisar se esforçar no auge do mal-estar.

Quando o house call é indicado?

No caso do seguro viagem, quem decide isso é a assistência.

Quando você tem uma emergência médica durante a viagem, aciona o seguro entrando em contato com a assistência. O atendente irá verificar quais são os seus sintomas e qual a melhor maneira de te ajudar.

Por exemplo, caso você tenha dor de garganta ou nariz obstruído, pode ser atendido diretamente em seu hotel, já que o médico poderá, lá mesmo, verificar o estado da garganta e das vias aéreas, auscultar o pulmão, medir a temperatura, checar a pressão, etc. Se, por outro lado, você tiver caído durante uma tarde de esqui e machucado um braço, precisará ir a um hospital ou clínica especializada, pois provavelmente será necessário fazer um raio-x para verificar se ocorreu alguma fratura.

Além dos sintomas, a assistência também precisará verificar a viabilidade do atendimento via house call. Isso depende do local, a cultura do destino e da disponibilidade de um dos prestadores da empresa.

Mas, independente da forma de atendimento mais indicada, a missão do seguro viagem é auxiliar o paciente a restaurar sua saúde e seguir viajando.

3 COMMENTS

Comments are closed.