Home Dicas de viagem Guia para arrumar a mala

Guia para arrumar a mala

1265
20324

Uma das atividades mais difíceis antes de uma viagem é arrumar a mala. Dá vontade de levar tudo com a gente e muitas vezes a mala fica explodindo já na ida, antes mesmo de fazermos algumas comprinhas. O pior: ao chegarmos em casa depois das férias, muitas vezes percebemos que não usamos tudo o que levamos, e que todo aquele peso foi inútil. Mas não se preocupe: na sua próxima viagem, você poderá utilizar o nosso guia!

Primeiro passo: pesquise sobre o clima do destino

Mas pesquise mesmo! Não adianta só saber qual é a estação do ano, porque até mesmo diferentes cidades do Brasil podem ter temperaturas distintas numa mesma estação. Veja as temperaturas mínimas e máximas na época da viagem, e lembre-se de checar a previsão do tempo na véspera da viagem, para certificar-se de que sua pesquisa estava correta.

Segundo passo: encontre a mala ideal

Ter muitas opções é bom, mas pagar excesso de bagagem e carregar uma mala enorme por aí não! Por isso, procure uma mala de um tamanho adequado para a viagem, considerando sua duração e o tipo de roupas que precisará levar.

Terceiro passo: planeje com antecedência, mas faça a mala na véspera

Não faça a mala com muita antecedência. Pode parecer bom porque ela já estará pronta, mas a verdade é que você vai acabar esquecendo o que colocou lá ou mudando de ideia inúmeras vezes, o que vai dar mais trabalho ainda. Mas isso não significa que você não possa começar a se planejar com antecedência, pensando no que vai querer levar e comprando o que for necessário, como um kit de primeiros socorros ou artigos de higiene.

Quarto passo: faça uma lista

Liste tudo o que quer levar para não esquecer de colocar na mala. Pode ser de maneira genérica, definindo um número de calças, camisetas, sapatos e pijamas, mas também pode ser mais específico, para não deixar para trás alguma peça de roupa que gosta muito. Use a lista não só para o vestuário, mas também para outras coisas que precisa lembrar de levar, como carregador de celular ou remédios de uso contínuo.

Quinto passo: use estojos, bolsinhas e nécessaires, mas esqueça as frasqueiras

Pode parecer prático ter uma frasqueira com todos os itens que não são roupas, como shampoos e condicionadores, escova de dente, remédios, etc. Mas uma frasqueira com tudo isso ocupará muito espaço na sua mala. Por outro lado, se dividir esses pertences em bolsinhas, nécessaires ou estojos pequenos, poderá espalhá-los e economizar espaço.

Sexto passo: use a inteligência ao escolher as roupas e sapatos

Você vai tirar muitas fotos e pode estar preocupado com o visual nesta viagem, mas tenha em mente que as roupas levadas precisam ser funcionais. É importante que as peças combinem umas com as outras, assim, você terá mais flexibilidade para usá-las. Se levar uma blusa e uma saia que só podem ser usadas juntas e uma delas amassa muito ou mesmo suja com alguma coisa, já são duas peças que não serão usadas. Aposte em looks mais básicos e muitas cores neutras, além de tecidos que não amassam muito. O mesmo vale para os sapatos, até porque eles ocupam muito espaço. Leve poucos que combinem com vários outfits, e nada de levar um sapato novo e nunca usado, pois não há como ter certeza de que ele será confortável se usado muitos dias, e não há nada mais incômodo que um machucado no tornozelo nas férias.

Sétimo passo: separe tudo antes de colocar na mala

É importante ver tudo o que você escolheu levar consigo antes de colocar na mala. Isso não só te dará uma noção de quantidade, mas também um panorama geral das roupas. Assim, se tiver selecionado muitas roupas da mesma cor, por exemplo, irá se dar conta e terá a chance de trocar.

Oitavo passo: deixe itens de valor e algumas coisas essenciais na mala de mão

Não coloque dinheiro, computador, joias ou objetos caros dentro da mala que será despachada. Se algum imprevisto acontecer, você pode acabar sem eles, e as indenizações das companhias aéreas não levam em conta o que estava em uma mala extraviada, apenas o seu peso. Separe também uma muda de roupas e alguns artigos de higiene para deixar na mochila ou mala de bordo. Assim, caso sua mala não chegue junto com você ou aconteça algum problema com a sua conexão e seja necessário passar a noite em algum lugar, você terá roupas limpas, escova de dentes, desodorante, entre outros.

Nono passo: não deixe a mala lotada

Mesmo que não planeje fazer compras, vale a pena deixar um espacinho livre na mala. Assim, caso compre algo durante a viagem, haverá lugar! Outro ponto é que, na volta, a mala costuma ficar mais bagunçada, o que pode fazer com que as suas coisas não caibam a não ser que faça uma grande reorganização. Outra boa ideia é levar uma sacola de tecido vazia. Caso queira, você poderá usá-la para colocar roupas sujas ou compras, e até mesmo trazê-la a bordo do avião, caso ela não ultrapasse as medidas permitidas.

Décimo passo: seja organizado e preste atenção

Coloque as coisas na mala com calma, prestando atenção onde elas estão. É péssimo chegar ao destino e fazer uma grande bagunça na bagagem só para achar um pijama ou um shampoo.

Agora que sua mala já está pronta, confira algumas dicas de como protegê-la aqui.