Home Destinos de Viagem (Destaque) Destinos com vacinação obrigatória

Destinos com vacinação obrigatória

1
1328

Quem vai viajar para outros países e até mesmo para outros estados brasileiros deve ficar atento com as vacinações exigidas, uma vez que muitos destinos só permitem a entrada de turistas devidamente protegidos de determinados males.

A vacina da febre amarela é a mais recomendada para vários destinos, dentro e fora do Brasil. Porém, existem outras, como a contra paralisia infantil, que é solicitada para alguns países da África e da América Central, por exemplo.

Desde 2018, quando o Brasil teve um surto de febre amarela em alguns estados, nossos vizinhos da América do Sul e Central passaram a exigir esta vacina. São eles:

  • Bolívia;
  • Venezuela;
  • Colômbia;
  • Paraguai;
  • Panamá;
  • Cuba;
  • Nicarágua;
  • El Salvador;
  • Guiana;
  • Aruba.

Países que exigem vacina

Confira abaixo outros países que exigem a vacina de febre amarela dos brasileiros.

Caribe e América Central

  • Bahamas;
  • Jamaica;
  • Barbados;
  • St. Maarten;
  • Costa Rica;
  • Trinidad e Tobago;
  • Ilha de Martinica.
  • Guatemala;
  • Honduras;
  • Belize;
  • Suriname.

África, Ásia, Oriente Médio e Oceania

  • África do Sul;
  • Líbano;
  • Arábia Saudita;
  • Madagascar;
  • Angola;
  • Moçambique;
  • Egito;
  • Namíbia;
  • Ilha Maurício;
  • Nepal;
  • Tailândia;
  • Nigéria;
  • Índia;
  • Quênia;
  • Bangladesh;
  • República Democrática do Congo;
  • Botswana;
  • Sri Lanka;
  • Butão;
  • Seychelles;
  • Camboja;
  • Tanzânia;
  • China;
  • Tibete;
  • Cingapura;
  • Tunísia;
  • Fiji;
  • Vietnã;
  • Filipinas;
  • Zâmbia;
  • Ilhas Maldivas;
  • Zimbábue;
  • Indonésia;
  • Laos;
  • Austrália.

Orientações

Vale lembrar que as vacinas têm um período para atingir a proteção esperada, que pode variar entre dez dias e seis semanas. Por isso, é importante realizar a atualização das vacinas de acordo com o calendário nacional de imunização do Ministério da Saúde.

E sempre que for viajar, verifique se a vacina exigida está em dia. Caso não esteja, vacine-se com antecedência. No caso da febre amarela, para viagens internacionais, o correto é a dose padrão da vacina e não fracionada, com antecedência mínima de dez dias do embarque.

As vacinas podem ser tomadas em qualquer posto de saúde do SUS (Sistema Único de Saúde). Guarde sempre o comprovante de vacinação, pois ele será exigido na hora de tirar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) para viagens internacionais.

Vale lembrar que não só os seres humanos precisamos de vacina para viajar. Para quem viaja com animal de estimação, ele também precisa desse tipo de cuidado.

Você pode conferir a lista completa dos países que exigem a vacina da febre amarela no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) ou da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Como tirar o CIVP

O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) é o documento que comprova que o viajante está em dia com as suas vacinas. Ele é obrigatório para passageiros que estão em viagem com escala ou conexão em países que exigem alguma vacina. A dica é deixá-la sempre junto ao passaporte.

O certificado pode ser solicitado pela internet ou pessoalmente. E para tirar o documento é preciso ter em mãos o comprovante de vacinação. Pela internet é preciso fazer um cadastro no site Portal de Serviços do Governo Federal e solicitar o CIVP. O prazo para emissão online é de dez dias. Depois, basta acessar novamente o site e imprimir ou retirar em uma unidade da ANVISA.

Já o atendimento presencial precisa de um pré-cadastro online, que pode ser feito pelo site da ANVISA. Para emissão, é necessária a presença física do solicitante em uma unidade de atendimento ANVISA, portando o certificado de vacinação e um documento original com foto.

1 COMMENT

Comments are closed.